#QueTalViajar: Quito

Hoje, 1º domingo de Novembro, é dia de fazer a prova do ENEM, mas também é o dia de conhecer o país que será palco do nosso #QueTalViajar. Nós iremos viajar pelas cidades do Equador, ou República del Ecuador. E claro que a nossa primeira parada em terras equatorianas será a sua capital: Quito!

Quito foi inicialmente batizada como San Francisco de Quito. A capital equatoriana ocupa o posto de segunda capital mais elevada do mundo, perdendo apenas para La Paz, na  Bolívia. Localizada nas encostas do vulcão Pichincha, na região sul do Ecuador, o município foi construído em um estreito vale dos Andes que fica a 2.850 metros acima do nível do mar.

A língua em vigência no Equador é o Espanhol e desde o ano 2000 o país adotou o dólar americano como moeda oficial, após a desvalorização do sucre (moeda utilizada antes do dólar) nos anos 90.

Antes de te ensinar a chegar lá eu preciso te alertar de uma coisa: desde maio desse ano o Equador passou a exigir que seus visitantes façam um seguro viagem*. A proteção obrigatória veio por meio de um decreto do atual presidente, Lenín Moreno. De acordo com o Ministério do Turismo do país a obrigatoriedade “é uma questão significativa para o desenvolvimento do Turismo no país, pelo benefício que acrescenta ao nos escolher como destino e para o bem-estar de cada uma das pessoas que nos visitam”.

*O seguro viagem é um serviço que costuma ser vendido por seguradoras e bancos para garantir tranquilidade em casos de emergência e imprevistos durante as viagens nacionais e especialmente nas internacionais. O valor varia de acordo com as normas vigentes de cada país.

Como chegar em Quito?

Infelizmente não existe voo direto entre as cidades brasileiras e Quito, a única opção é fazer escala. A parte boa de fazer escala é que você pode aproveitar para conhecer outros lugares como Lima, no Peru; Bogotá, na Colômbia; Cidade do Panamá, no Panamá; ou quem sabe até a Cidade do México, se você não tiver pressa em terminar a viagem.

A melhor forma de você acompanhar os preços pra essa trip é usando a ferramenta  do Google que pode te auxiliar a encontrar passagens para lá, e para outros destinos também. Para acessar basta clicar aqui e você será direcionado para o Google Flights.

Onde se hospedar em Quito?

A maior concentração de turistas fica nos bairros de Old Town e La Mariscal. É justamente nesses dois locais que se encontra a maior parte das ofertas de hospedagem da cidade. Se o seu foco é fugir desse público o ideal é buscar hospedagem em outros bairros.

Em Old Town como fator positivo você tem a proximidade a diversos pontos turísticos e os valores, que são mais baratos do que os praticados em La Mariscal. Já La Mariscal é apontada como uma das áreas mais boêmias da cidade, a região conta com diversos bares, restaurantes, cafeterias, lojas de comércio e, claro, casas noturnas.

Tem ainda os bairros de Guápulo e La floresta, o primeiro é um dos bairros mais tradicionais e antigos da capital equatoriana e o segundo além de proporcionar preços mais acessíveis, tem também uma atmosfera residencial que mais se assemelha à vida cotidiana dos locais.

O que fazer em Quito?

A cidade, de elevada altitude, é dividida em duas partes, a Velha e a Nova.

Na parte velha ou histórica, como você preferir chamar, você vai encontrar as obras de arte das igrejas La Compañía de Jesús, a Catedral Metropolitana, a gótica Basílica del Voto Nacional, o Iglesia de Santo Domingo e a Iglesia de San Francisco, na praça homônima.

Imagem relacionada
Iglesia y Plaza de Santo Domingo, Quito, Ecuador. Fonte: Expedia
Imagem relacionada
Iglesia de Santo Domingo, Quito, Ecuador. Fonte: Tren Ecuador
Resultado de imagem para Basílica del Voto Nacional quito
Basílica del Voto Nacional, Quito, Ecuador. Fonte: Premia sua obra

Para mergulhar ainda mais na história de Quito você deve visitar o Museo Alberto Mena Caamaño e o Centro de Arte Contemporáneo de Quito, que está instalado num prédio de mais de 100 anos de idade. E por falar em prédios antigos têm ainda outro edifício que encanta os olhos é o Teatro Nacional Sucre com sua arquitetura neoclássica.

Imagem relacionada
Teatro Nacional Sucre, Quito, Ecuador. Fonte: Flickr

Conhecida como Plaza de la Independencia, a Plaza Mayor é onde atualmente se concentra o governo local, com direito a palácios, jardins e monumento em homenagem à independência do país. Durante a noite, o complexo fica todo iluminado e é comum ver muitas pessoas circulando por ali, sejam casais, pessoas sozinhas ou com a família inteira.

Não dá pra citar as atrações de Quito sem mencionar a Ciudad Mitad del Mundo, um complexo de entretenimento que remonta uma antiga cidade colonial equatoriana. É um parque, infelizmente, pago que conta com museu etnográfico, mirante, planetário e pavilhões com objetos arqueológicos e científicos.

Resultado de imagem para Ciudad Mitad del Mundo
Ciudad Mitad del Mundo, Quito, Ecuador. Fonte: Pinterest

Sabe outra atração interessante por lá? O observatório astronômico, um dos mais antigos centros de estudo de astronomia da América do Sul, fundado em 1873. De lá você consegue observar as estrelas e planetas. Um pequeno museu dedicado ao assunto e um telescópio com  oito mil vezes de zoom, considerado o maior do país, ajudam a estar mais perto do espaço.

Para curtir a natureza local, visite a área verde do Parque Nacional Cotopaxi, que abrange não só o maior vulcão ativo do mundo, com mais de 5 mil metros de altura, mas as províncias de Pichincha e Napo. A chamada “Avenida dos Vulcões” vai além, passando por outros símbolos naturais, como as montanhas Chimborazo, Carihauirazo e Sangay.

Resultado de imagem para Parque Nacional Cotopaxi
Parque Nacional Cotopaxi, Quito, Ecuador. Fonte: Freesider

E pra voltar de alma lavada dê um pulinho nas Termas de Papallacta, a 50 km de Quito, onde há tratamentos de spa com as águas termais de propriedades medicinais, aromaterapias e massagens, ideais para voltar de viagem com a energia necessária.

A culinária em Quito?

E tem como conhecer um lugar desses e não provar da culinária local?

Os preços não são lá tão acessíveis, mas uma opção para não gastar muito é ir aos arredores da Casa de la Cultura Ecuatoriana, assim como até a Calle Amazonas. Uma vez achado o lugar certo pra comer é só correr pra o abraço, meu amigo(a)!

Não me volte de lá sem provar os patacones, pedaços de bananas fritos em azeite bem quente; os llapingachos tortilhas feitas com batata; as empanadas de vento, uma massa em formato de pastel recheada com queijo; o  seco de chivo, à base de cordeiro e foi uma das iguarias mais populares durante a época colonial, tem uma versão com frango para os visitantes que têm estômago fraco.

O pessoal lá leva culinária tão a sério que eles tem um campeonato pra decidir qual o melhor preparo de um prato chamado “hornado”, uma das estrelas dos restaurantes equatorianos. Marinado por três dias, o hornado nada mais é do que a carne de porco cozida em forno à lenha. A Fritada também é bastante tradicional. Nesse caso, a carne de porco é frita e acompanhada por tortilhas de batatas ou batatas inteiras. Já pensou?

De sobremesa local o que mais tem popularidade são os figos com queijo, apesar de uma mistura simples, é uma opção deliciosa que é bastante comum nas mesas por lá. Agora, pra beber, tem a colada morada. Uma bebida de cor roxa que mistura uma série de ingredientes, como farinha morada, morango, abacaxi, folha de laranja, erva-cidreira e canela.

Dito isso, você já começou a arrumar as malas para conhecer Quito? Então deixa eu te dar uma dica de ouronão vá se arriscar num lugar incrível como esses mandando um portunhol. Nós temos cursos voltados para viagens. Basta preencher nosso formulário aqui e a equipe do Que Tal vai entrar em contato agendando uma aula experimental.

Gostou? Deixa um comentário, é importante pra gente!

Até a próxima.


≈ Série Argentina ≈

≈ Série Chile ≈

≈ Série Colômbia ≈

≈ Série Peru ≈

≈ Série Uruguay ≈

≈ Segue nossas redes sociais: FacebookTwitterInstagramYoutube ≈


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s